quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Anahata e o amor que transcende o 'eu'

Por Tiw Brás.

Anahata, ou Chakra Cardíaco, significa "inatacável ou ileso" em sânscrito e está localizado exatamente no centro do peito.

Ele é o responsável pelo nosso amor, equilíbrio e cura. Seu elemento é o ar.

A terceira lei de Hermes reza que tudo e todos no universo tem o lado feminino e o masculino. E através do equilíbrio desses dois gêneros transcendemos o ego e tudo o que se implica nele.

Veja sobre os outros chakras em Chakras e as espirais da criação.

Em Manipura nós conhecemos quem nós somos de verdade e em Anahata nós temos a oportunidade de ir além.

É nesse chakra que mora nosso espírito divino é ele quem nos diz o quanto nosso status social nos atinge.

Com Anahata equilibrado nos tornamos pessoas mais amorosas, confiantes e de confiança, saudáveis, tranquilas e que tem compaixão.

Fisicamente ele trata do coração, sistema sanguíneo, mãos, braços, pulmões, e do timo, que é importante para manter nossa saúde intacta por nos dar nossa autoimunidade.

Como esse chakra trabalha especificamente nosso amor, ele é bloqueado pela tristeza, pela perda, pela frieza em relação aos outros ou pelo desespero.

Veja mais sobre Anahata no vídeo Anahata - O chakra cardíaco no canal O Chifre Cerimonial.

Para tratá-lo emocionalmente, nós podemos nos cercar de coisas boas, como por exemplo, nos dar presentes, sermos voluntários em alguma coisa, trabalhar a caridade, perdoar as pessoas e enfrentas nossas saudades.

Fisicamente nós devemos comer mais vegetais.

Os problemas fisicos mais comuns quando Anahata está em desequilíbrio são: asma, problemas pulmonares ou cardíacos, cancer de mama, alergias ou outro problema imunológico.

Para esse chakra eu uso jade ou esmeralda, deitado, com a pedra no chakra, mentalizando uma luz bem verde sendo canalizada através da pedra para o chakra.

Espero que todos possamos transcender o EU através do equilíbrio de Anahata.

Céad mille fáilte e namastê!

Tiw Brás é curandeiro há vários anos, segue a tradição nórdica e é dedicado a estudar o misticismo em suas várias vertentes. Ele também é um youtuber e possui um canal de misticismo chamado O Chifre Cerimonial.

Conteúdo Correspondente