sábado, 29 de agosto de 2015

Como reconhecer uma pessoa de Gêmeos

Imagine que um belo dia, você pegou uma conversa entre seu sócio e um cara muito altivo, que expunha com ares de espertalhão as inúmeras vantagens da instalação de uma nova porta giratória na empresa. Por acidente, esse mesmo cara sentou-se na mesa ao lado quando você foi tomar sua cerveja de happy hour - só que era outra pessoa completamente diferente, pois estava lá soltando piadas de loira com a malícia paulistana. E não é que no outro dia de manhã, por um acaso do destino, você encontra esse mesmo indivíduo na porta da escola das crianças, só que ele está pacientemente arrumando a mochila do filho e dando uma lição sobre como é falta de educação ficar contando piadas de português para a professora. Você vai pensar que está vendo vários clones da mesma pessoa, ou que é uma miragem e você está começando a ficar doido. Na verdade, não. O doutor esnobe, o piadista sem noção e o pai cheio de cuidados são uma única pessoa: um camaleão geminiano.

A velha frase "la donna è mobile" pode ser aplicado com enorme perfeição aos nativos de gêmeos: eles são voláteis por natureza, mudam de postura e de opinião com a mesma facilidade com que mudam de roupas, hobbies, simpatias e antipatias e, o melhor, sem nenhuma cerimônia. E isso tudo não é porque eles não saibam o que querem, na verdade é que não conseguem se decidir entre tantas coisas que o mundo lhes oferece e, na dúvida, decidem por tudo. O próprio mito do signo, dos irmãos Castor e Pollux, filhos de Zeus (disfarçado de cisne) e da mortal Leda, explica tudo: o geminiano é um caso de dupla personalidade crônica, ou, na mais emocionante das hipóteses, de múltipla personalidade, mesmo.




O geminiano é regido pelo planeta Mercúrio, o mais esperto e inquieto dos corpos celestes. Isso lhe dá, além da personalidade camaleônica, a capacidade de fazer mil e uma coisas ao mesmo tempo, com um pé nas costas. Aquele senhor mencionado acima, por exemplo, é capaz de ler jornal, atender nove telefonemas, ditar uma carta comercial e revisar os originais de seu livro de memórias simultaneamente, e isso no espaço de quarenta minutos. E de falar com desenvoltura sobre qualquer assunto, das últimas do Dalai Lama às últimas cotações da Bolsa de Tóquio. Pode ser que diga uma ou outra mentirinha sobre a fuga do Dalai do Tibet, ou certa invencionices sobre a flutuação das ações. Não tem importância - o geminiano não mente de propósito, apenas sofre de excesso de imaginação. Ele será sempre mais caleidoscópico do que a monótona realidade.



Leia sobre o significado dos outros signos em Como reconhecer os Signos.
Leia outros artigos sobre o seu signo em Tudo sobre Gêmeos.
Leia mais sobre os outros signos em O Livro dos Signos.

Conteúdo Correspondente